Homem mata ex-amásia e tenta suicídio
Outro mendigo é assassinado em Cascavel
Proteção à testemunha é estudada
Preso irmão do policial Sampaio
Rapel aproxima PM da comunidade de Curitiba
Eleito novo presidente do Conseg
PF apreende R$ 1,5 milhão em mercadorias
Panorama
Crianças se escondem e mobilizam PM

Homem mata ex-amásia e tenta suicídio

Índice

        Crime aconteceu
        na manhã de
        ontem no bairro
        Universitário,
        em Cascavel
        
        Cascavel – Um homicídio seguido de tentativa de suicídio foi registrado na manhã de ontem, no bairro Universitário, em Cascavel. A costureira Terezinha Larentis Soares, 38 anos, foi morta com um tiro na cabeça por Miguel Pereira, 51 anos, que de acordo com informações levantadas pela polícia no local seria um ex-amásio da vítima. Depois de atirar contra a mulher Miguel efetuou um disparo contra a sua própria cabeça.
        O Serviço de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado e ao chegar no local constatou que a mulher já estava morta. Miguel foi levado para o Hospital São Lucas onde passou por uma cirurgia de emergência e permanecia, até a tarde de ontem, internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O local do crime foi isolado até a chegada da perícia técnica e após os levantamentos de praxe o local corpo foi recolhido ao Instituto Medico Legal (IML).
        O motivo do crime seria o fim do relacionamento entre os dois que não era aceito por Miguel. Por diversas vezes ele teria tentado reatar o suposto romance, mas a mulher não aceitava. Na manhã de ontem, por volta das 7h30, os dois se encontraram na rua da Administração e a tragédia foi inevitável.  O crime aconteceu nas proximidades da residência da vítima. Terezinha, de acordo com informações de testemunhas, era mãe de quatro filhos.

Outro mendigo é assassinado em Cascavel

Índice

        Cascavel – O catador de papel Altair de Mera, 36 anos, foi assassinado na madrugada de ontem em um galpão abandonado na rua Paraná, região do bairro São Cristóvão, em Cascavel. Ele foi morto com um golpe de caco de vidro no pescoço. A Polícia Civil foi informada sobre o crime  e ao chegar no local encontraram a vítima. Outros mendigos, todos embriagados, dormiam ao redor do corpo. Eles foram detidos, ouvidos e liberados em seguida.
        O delegado Donizete Botelho, que investiga o caso, disse ontem que o autor do crime já está identificado e está sendo procurado pela polícia. Segundo ele, o crime pode estar ligado a uma outro assassinato ocorrido no início do mês passado quando José Augusto Mariano, 46 anos, foi morto no estacionamento do banco Itaú, na praça Wilson Joffre. “Elucidando um crime o outro também deve ser elucidado”, diz o delegado. “O modus operandi é o mesmo”, completa.
        

Proteção à testemunha é estudada

Índice

        Curitiba - O secretário de Estado da Justiça, Aldo Parzianello, recebeu a coordenadora geral do Programa de Proteção à Testemunha, da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Nilda Turra, ontem, para estudar a possibilidade de implantar o programa de proteção à testemunha no Paraná. Na reunião também estavam presentes o secretário do Emprego, Trabalho e Promoção Social, Padre Roque, e os membros do Conselho Estadual Permanente dos Direitos Humanos.
        Parzianello considera de grande responsabilidade a implantação do programa e se dispôs a levar a proposta, na segunda-feira, para o governador Roberto Requião. “Não podemos entrar numa aventura nem fazer politicagem”, disse. O secretário lembrou que este é um programa que tem que ter continuidade e que não pode, depois de implantado, perder seu poder de atuação.

Preso irmão do policial Sampaio

Índice

        Reginaldo
        Sampaio
        Schisler foi
        removido
        para Toledo
        
        Cascavel – O advogado Reginaldo Sampaio Schisler, irmão do policial civil João Adão Sampaio Schisler, é um dos presos da Operação Desmonte, desenvolvida pela Promotoria de Investigações Criminais (PIC) na última quinta-feira. Ele é acusado de participar de um esquema de roubo e furto de veículos em várias partes do Paraná que tinha a base da suposta quadrilha em Guaíra. O advogado, preso em Guaíra, foi removido para a cadeia pública de Toledo.
        Com a prisão do advogado, o policial Sampaio fica sem o seu defensor. Na semana passada a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná determinou a prisão do ex-chefe da Seção de Furtos de Cascavel que estava em liberdade desde março. Com isso Sampaio Schisler passa a ser um foragido da justiça. O policial também foi apontado como um possível líder de uma quadrilha especializada em furto e roubo de veículos.
        
        OPERAÇÃO
        A operação realizada para as prisões das pessoas que estariam envolvidas com a quadrilha foi encerrada ao meio dia de ontem. De acordo com informações da PIC de Foz do Iguaçu, foram cumpridos 54 mandados de busca e apreensão e 42 mandados de prisão. Durante as buscas foram apreendidas 20 armas de fogo, munição, computadores, documentos, aparelhos celulares, 42 quilos de maconha e dois automóveis – um Uno e um Audi.
        Os quatro policias civis e um militar presos na operação também foram transferidos para Toledo. O policial José Marcos Alves da Silva, prestava serviço na Delegacia de Assis Chateuaubrinad. Augusto Viana Lino e Rosemari Silva de Souza estavam lotados na Delegacia de Guaíra. Ivo Mendes Queiroz trabalhava em Guaraniaçu e o policial militar Nivaldo Neri em Guaíra.
        Na manhã de ontem 23 pessoas presas em Guaíra foram removidas pela equipe da PIC e policiais militares da Rone para a cadeia pública de Marechal Cândido Rondon.

Rapel aproxima PM da comunidade de Curitiba

Índice

        Curitiba - Tiago, 8 anos, ligou para a casa dos avós, em Cascavel, para contar a novidade. Ele desceu 40 metros em uma corda, dentro de um shopping center em Curitiba, junto com um policial militar do Comando e Operações Especiais (COE) ontem à tarde. A aventura em rapel faz parte da apresentação do grupo de elite da Polícia Militar, em comemoração aos 150 anos da corporação. Além do exercício, também estão expostos equipamentos e armas utilizados pelo COE.
        Tiago realizou seu sonho de fazer rapel e, junto com sua mãe, Sinaíra Pereira, conheceu o trabalho desenvolvido pela PM. “Ele sempre quis fazer isso. Agora vai ter a foto pra contar pra todo mundo”, disse a mãe, orgulhosa. Ela e o filho não sabiam que a técnica de rapel é usada também para resgate de reféns e que o COE. Boa parte das pessoas que estiveram na tarde desta sexta-feira no shopping Curitiba também se surpreenderam ao ver policiais militares descendo em cordas pelo mezanino do shopping.
        

Eleito novo presidente do Conseg

Índice

        Cascavel - O empresário José Alexandre Polasek foi eleito novo presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Cascavel (Conseg). Polasek, apresentado como candidato único ao cargo, assume para mandato de um ano. Ele vai ocupar o lugar do advogado Paulo Reneu Simões dos Santos, que respondeu pelas últimas duas gestões. Polasek é o representante da Acic no conselho e pretende trabalhar pelo fortalecimento do órgão, um instrumento criado em 1996 com a finalidade de ser uma espécie de porta-voz da sociedade junto às autoridades policiais responsáveis pela segurança.
        O Conseg se transformou em um organismo importante no contexto da segurança pública no município, por isso precisa ser incentivado e contar com a participação de um número crescente de entidades, entende Polasek. Atualmente, representantes de 38 associações, sindicatos, clubes de serviços e até do poder público integram o Conselho. O papel central do órgão é de ouvir os pedidos da comunidade e leva-los às autoridades.

PF apreende R$ 1,5 milhão em mercadorias

Índice

        Curitiba - A Polícia Federal apreendeu R$ 1,5 milhão em mercadorias supostamente contrabandeadas, ontem, em Curitiba. Computadores, filmadoras, máquinas digitais e diversos produtos eletrônicos com procedência duvidosa foram confiscados de três lojas do Centro de Curitiba. A operação durou sete horas. As lojas vinham sendo investigadas há 15 dias. A mercadoria foi apreendida porque as lojas não conseguiram comprovar que tinham notas fiscais dos produtos.
        

Panorama

Índice

        Foragido preso em Cascavel
        A Polícia Militar de Cascavel prendeu, na madrugada de ontem, Alceu Kummer, 39 anos. Durante abordagem realizada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) ele teria apresentado carteira de identidade falsa aos policiais que ao verificarem a procedência do documento acabara mdescobrindo que ele era foragido da Colônia Penal Agrícola. Kummer foi encaminhado à 15ª SDP (Subdivisão Policial).
        
        Rebelião
        Os presos do 3º Distrito Policial, no bairro Mercês, em Curitiba, realizaram mais uma rebelião na madrugada de ontem. Esta foi a 15ª somente este ano. Os detentos atearam fogo nos colchões e destruíram as celas. A situação foi controlada uma hora e vinte minutos depois com a chegada da Polícia Militar e dos Bombeiros. O distrito abriga 143 detentos, mas a capcidade é para 35.
        
        Tráfico
        Polícia Federal (PF) prendeu três homens e uma adolescente em flagrante, por tráfico de drogas, em Paiçandu, no Norte do Paraná. Ao todo, foram pesados 312 quilos de maconha. A droga foi encontrada em uma casa na periferia da cidade. Um dos detidos tentou fugir e foi perseguido. O homem perdeu o controle da direção e capotou. Os homens que estavam no carro de apoio atiraram contra os policiais.
        Multas
        O Foztrans (Instituto do Transporte e do Trânsito de Foz do Iguaçu) inicia na próxima segunda o parcelamento de multas por infrações de trânsito, ocorridas até 31 de dezembro de 2003. O pagamento pode ser feito em até 12 vezes. Conforme a lei, o número de parcelas será determinado de acordo com o montante do débito, sendo que o valor máximo de cada uma delas não poderá ser inferior a R$ 50.
        
        Acusado
        O acusado de ter assassinado o empresário Ciro Frare, na quinta-feira, em Londrina, se apresentou à Justiça na tarde. Ibrain José Barbino, que era funcionário de Frare e é o principal suspeito do crime, compareceu no Fórum de Londrina. O acusado estava abalado segundo o juiz João Cleve Machado que deu cinco dias úteis de prazo para que ele se recupere psicologicamente e se apresente à polícia.
        
        

Crianças se escondem e mobilizam PM

Índice

        Cascavel – Um grupo de crianças e adolescentes escondido dentro da tubulação de uma galeria pluvial mobilizou Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e o Conselho Tutelar na manhã de ontem. Responsáveis pelas crianças que estiveram no local contaram que alguns menores estavam fora de casa há mais de um dia. Mesmo com a chegada da polícia, o grupo se recusava a sair do local. Os menores foram levados por assistentes sociais do SOS e entregues aos pais.  

capa | opinião | política | economia | geral | cidades | esportes | variedades
social | classificados | turismo | educação | sugestões e criticas | links

 

Este site é melhor visualizado em resolução 800 X 600 e 16 bits de cores com Internet Explorer 4.x
Website desenvolvido por Certto Internet - http://www.certto.com.br